quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Descrição macroscópica de amostra para Histopatologia

Descrição macroscópica de amostra para Histopatologia
   1.     Identificação do material
a.     Nome do paciente, espécie, raça, idade, sexo e nome do proprietário.
b.    Descrever tipo de lesão observada na clínica: Úlcera, Erosão, Pápula, Nódulo ( < 2cm), Tumor (> 2cm), Vesícula, Pústula, Mácula ou Placa.
c.     A quantidade de peças ou fragmentos encaminhados
d.    Devem ser descritos como biópsia fragmentos de amostras (< 2cm) e peça cirúrgica quando for enviado o órgão íntegro.

   2.     Forma:
a.     Redondo, esférico, oval, retangular, losangular, cilíndrico, cônico, papilar,
digitiforme, nodular, irregular.
   3.     Medida:
a.     Comprimento x largura x altura, em mm ou cm
   4.     Coloração externa:
a.     Branco, amarelo claro, amarelo-alaranjado, verde claro, verde escuro, pardo
claro, pardo escuro, preta, vermelha, laranja, café, marron.
   5.     Consistência:
a.     Líquida, pastosa, friável, mole, cística, elástica, firme, firme-elástica,
pétrea.
   6.     Superfície externa ou de corte:
a.     Homogênea, heterogênea, granulosa, lisa,áspera, microgranular, acrogranular, lobular, espicular, sólida, cavitária, projeçõesdigitiformes, capsuada, septada.


Cuidados para envio:
   1.  Acondicionar em recipientes contendo formol 10 % colocado em volume cerca de 10 vezes maior que o da peça.
   2.  O tamanho do recipiente deve ser compatível com o volume da peça afim de se evitar deformações. 
    3. Nunca o material deverá ser enviado em soro fisiológico ou água.
   4. Quando encaminhado na forma de biópsia esta deve ter no máximo 2 cm para que haja fixação adequada pela formalina.
   5. Caso sejam encaminhadas lâminas para avaliação citológica estas jamais deveram ser manipuladas próximo ao material encaminhado para avaliação histológica, pois a simples presença de vapores de formol deterioram o material.

Referências:

Franco, M. Patologia: processos gerais. São Paulo: Atheneu, 2010

Nenhum comentário: