segunda-feira, 27 de junho de 2016

Corpúsculos de Heinz

 

Esta alteração morfológica na superfície da membrana da hemácia representa a desnaturação irreversível da hemoglobina. Alguns autores a descrevem como semelhante a um "nariz de palhaço" pelo seu formato arredondado e proeminente. A desnaturação oxidativa da molécula de hemoglobina ocorre em cerca de 1 - 2 % das hemácias de felinos normais devido ao fato de conter maior quantidade de radicais sulfidrila reativos. A observação dos Corpúsculos de Heinz pode ser feita em lâminas coradas com Giemsa (lado esquerdo) ou mesmo empregando-se  o Novo azul de Metileno ( Lado direito) com o qual adquire a coloração azulada.  Nos cães aparecem como pequenas projeções que podem ser múltiplas e nos gatos como única e grande estrutura. As causas da formação dos corpúsculos são geralmente relacionadas a intoxicação por determinadas substâncias como benzocaína, propofol, alho, cebola, acetominofen e anti-sépticos de vias urinárias. Outros distúrbios associados a sua formação nos gatos são diabetes melito, hipertireiodismo e linfoma. A importância clínica do achado de corpúsculos de Heinz no hemograma está na possibilidade do paciente desenvolver quadro hemolítico grave.