Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 5 de setembro de 2010

LEUCEMIA LINFOCÍTICA CRÔNICA: RELATO DE CASO

TRABALHO DE COOPERAÇÃO ENTRE PETLAB E PETIT BICHON (CAMPO GRANDE - MS)

FIGURA A.Aumento considerável da camada leucocitária ( seta ) em amostra sanguíneacoletada com uso de EDTA.

FIGURA B. Esfregaço sanguíneo do cão portador de leucemia linfocíticacrônica observado à microscopia ótica em objetiva de 40x evidenciando reação leucemóide epredominância de linfócitos.

FIGURA C. Esfregaço sanguíneo do cão portador de leucemia linfocíticacrônica observado à microscopia ótica em objetiva de 100x evidenciandodemonstrando a presença de linfócitos maduros e “manchas degumprecht”(seta)que são geradas durante a confecção do esfregaço devido a fragilidade dascélulas neoplásicas.

FIGURA D. Citologia de aspirado de medula óssea apresentando algumas células mielóides,além do aumento marcante da série linfóide. É possível notar a ausência decélulas precursoras da linhagemeritróide neste campo. (100x)

Nenhum comentário: